quarta-feira, 23 de abril de 2008

Livros Comestíveis














«Désormais, je me nourris à la cuisine de la poésie.»

Robert Dickson - 1944-2007


No Dia Mundial do Livro, e porque a cultura se serve de qualquer forma (acho eu, claro) aqui ficam imagens de vários exemplares concorrentes a alguns festivais de… Livros Comestíveis.

Uma ideia original, é certo, pelos vistos já existente desde 2000, a qual podem conhecer melhor aqui.


E desengane-se quem pensar que se tratam de modernices do Novo Mundo. Participações do Japão, Singapura, Marrocos, Alemanha, Inglaterra, Irlanda, França, etc. , por sinal bem interessantes, deitam por terra qualquer visão mais apressada do fenómeno.

6 comentários:

Ka disse...

ahhh Este post é uma tentação :P

E eu que ando numa de regime até passava para dentro das fotografias para provar.

Beijinho

EDUARDO disse...

sim, há de facto livros apetitosos com sabor a... magia...

beijinhos

Teté disse...

Gosto de livros que se devoram com paixão!

Mas não são destes, que enchem os olhos e cativam para a gulodice... :)

Leonor disse...

Ka

deixa estar, estes bolos estão um bocadinho longe... mas são uma excelente ideia para prendas originais, já pensas-te? pelo menos os biscoitos?

beijinhos

Leonor disse...

Eduardo

Então não há? Só temos que nos deixar levar pela imaginação... e por um bom livro, claro

beijinhos, volte sempre

Leonor disse...

Teté

ora aí está outra expressão bem apanhada, tenho que começar a guardá-las...

mas pudemos juntar o útil ao agradável, numa volúpia de prazeres~... (daqui a bocado isto parece uma coisa saida do Seven, viste?)

beijinhos