domingo, 1 de fevereiro de 2009

Ficar em Casa

Ficar em casa a ver chover lá fora tem as suas vantagens; seja para nos dedicarmos às inevitáveis gavetas para arrumar, que pululam nesta altura, ou aos recibos do IRS, atirados para uma gaveta à espera de vontade para organizar... enfim, há um sem número de ocupações a que nos podemos dedicar. Ou, simplesmente, passar o fim de semana a descansar, ouvir música e ler. Depois de uma semana passada a correr entre vários ossos de ofício, a segunda alternativa foi mais o meu caso...
E entre as coisas que fui ouvindo, fiquei vidrada em mais uma descoberta via Mezzo: o barítono Thomas Quasthoff.
Na impossibilidade de mostrar tudo, aqui fica um pequeno video que demonstra bem as suas capacidades vocais. (Para quem não tiver paciência de ouvir tudo, recomendo que saltem para o 5º minuto e ouçam I bought me a cat, de Aaron Copland, de quem são, aliás, também as duas primeiras músicas; Long Time Ago e Simple Gifts. Vão ver que não se arrependem!!!

2 comentários:

Miguel Barroso disse...

Hoje também me apeteceu ficar em casa. E andei de música em música até ler blogs, este pela primeira vez. Gostei.


Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Rafeiro Perfumado disse...

Pular? Nem pensar, apesar da música em questão ser a que menos gostei.

Tambe+m aproveitei este FDS para colocar papelada em dia, mais precisamente passar para o PC diversos textos que vou escrevendo no comboio. Acho que estou mais cansado agora que no sábado de manhã...

Beijo!