segunda-feira, 3 de novembro de 2008

And the Winner is...




Se podesse votar, votava Obama (eu e um número considerável de europeus). Mas devo dizer que já não posso ouvir falar nas eleições norte-americanas.
Agora que se aproxima o fim da campanha eleitoral, e vamos, finalmente, saber o resultado, aqui está uma ideia interessante: a vida dos candidatos em bd.

7 comentários:

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

É ele teria meu voto também.
Desejo uma boa semana.
beijos e apareça.

Teté disse...

Também já não posso ouvir falar nas eleições americanas (nem na crise, diga-se de passagem), mas tal como cerca de 80% da população europeia, também votaria no Obama. O problema é que a população europeia não vota, se bem que o presidente dos EUA tenha alguma influência no futuro dessa mesma população.

Quanto a estes livros de BD, será que são biografias mesmo, ou aquilo que os assessores escreveram? Enfim, se vir por aí ainda dou uma folheadela... :)

Jinhos, nina!

São disse...

Embora ache que tem peso o facto de ambos serem norte-americanos e , inevitavelmente, terem um quadro de referências com bastante em comum, torço por Obama!!
Um abraço, Leonor.

Leonor disse...

Martha

E ganhou!!! Hoje em dia eu só acredito quando vejo, estou mesmo como São Tomé...

Resto de uma boa semana, beijos

Leonor disse...

Teté

E agora, pós eleição, vamos ter a versão o que é que ele vai fazer, se vai cumprir as promessas, etc, etc... Não andei a contabilizar, claro, mas acho sinceramente que a nossa imprensa ocopou mais tempo com as eleições norte-americanas do que com as nossas... sim, que as eleições para o nosso PR nunca ocuparam tanto espaço, acho eu...

quanto aos livros, olha que não: sairam com a Visão a 1 € cada um, acho que ainda se encontram nas bancas dos jornais e penso que são independentes... penso

Bom resto de semana!!

Leonor disse...

Já somos 4, São!!! Vamos lá a ver como é que ele se safa. Mas só a sua eleição quer dizer que alguma coisa mudou certamente:))

Bom resro de semana!!!

Graciela disse...

Felizmente ha trinfado Obama.
Ojalá podamos tener esperanza, que cumpla con su palabra, termine con la guerra y ayude a lograr un mundo más justo y en paz.
Saludos!
Graciela.