quinta-feira, 6 de março de 2008

Há sempre almas caridosas

Tim Craven, professor na Universidade de Western Ontário, disponibiliza uma série de software livre com inegável interesse para quem anda pelas áreas das bibliotecas e arquivos mas não só.

Uma breve passagem de olhos pelos cinco programas que podem ser descarregados aqui, permitem-nos verificar que:

- ExtPhr32 - extrai todas as palavras e frases que ocorrem num documento, contabilizando-as (com algumas excepções, que se podem ver aqui);

- NEPHIS32 é um programa compilado (escrito em Delphi 6) para gerar índices usando NEPHIS (NEsted PHrase Indexing System). Mais informação aqui;

- TexNet32 disponibiliza aos seus utilizadores ferramentas de auxílio à escrita de abstracts- Mais informação aqui;

- TheW32 – programa para Microsoft Windows que permite criar e manter um Thesaurus. Veja mais aqui;

- XRefHT32 fornece uma variedade de funções que auxiliam na produção de índices baseados na Web. Descubra todas as potencialidades aqui.

É isto que é interessante no software livre. Haver alguém (um indivíduo ou um grupo de pessoas) a desenvolver programas dos quais todos podemos beneficiar gratuitamente.

6 comentários:

Rp disse...

Pode dar jeito sim senhor!
Obrigado!!

Leonor disse...

rp

há uns interessantes neste lote, achei que valia a pena o post

bom resto de semana

Pedro Cabral disse...

Posso reafirmar o que foi dito aqui, pois estou a utilizar o "TheW32" para criar um micro-tesauros e está a ser muito útil. É sempre bom ver o que de melhor internet tem para dar, verdadeira liberdade, de pessoas a partilharem conteúdos interessantes sem pedir monetariamente nada.

Luís Galego disse...

Leonor,

imagino pelo que escreve (muito bem, aliás) que poderá ser um pouco adversa aos dias internacionais, mas hoje no dia da mulher não queria deixar de lhe enviar um beijo.

Leonor disse...

Olá Pedro

obrigado pelo seu testemunho. E sim, é sempre interessante esse lado da questão.
volte sempre

Leonor disse...

Olá Luís

Muito obrigado pela lembrança, é com muito gosto que recebo.

E também não sou assim tão radical, os dias existem, estão aí e podemos fazer deles o que quisermos, não é verdade? É tudo uma questão de atitude

tenha um bom fim de semana