quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Barrigas

Já não sei onde li (Ka ou Blue?) que os gatos e cães respiram "pela barriga" e que nós temos essa faculdade até perto dos seis anos, capacidade essa que perdemos, por outra pior, claro.
Neste Inverno, que tem sido tão chuvoso e cheio de humidade, não poucas vezes me tenho lembrado deste facto, e de outro que me chateia mais: apesar de toda a fisioterapia que faço quando tenho crises, tenho sempre a noção que só respiro pela barriga quando lá estou... e se isso podia ajudar a minha asma, tão presente nesta estação do ano!!!
Enfim, volta meia volta, lá me lembro e respiro bem... mas há quem não precise de tomar consciência desse facto, como podem verificar por estas imagens da barriga da Mariazinha, encostada à do Jeremias.

14 comentários:

Rui disse...

Até perdi a respiração, ao olhar para a minha barriga.

Francisco disse...

Confesso que nunca percebi muito de gatos.
De todo o modo, ao ver o filme aprendi um pouco mais.
Um forte abraço

Leonor disse...

Ah, mas consegue-se Rui...

(o outro dia resolvi "brincar" ao respirar pela barriga com os meus sobrinhos, para ver se os acalmava, e o que é curioso é que a mais nova conseguia na boa e os irmãos não....

Leonor disse...

Olá Francisco~

ainda bem, mas nos seu cães também dá para ver...

Rafeiro Perfumado disse...

Eu respiro pelo nariz, terei defeito? ;)

Beijoca!

BlueVelvet disse...

Leonor,
escapou-me qualquer coisa aqui.
É que o meu filho, que é asmático e muito, respira pela barriga mas é quando está com crises.
Aliás, quando era bébé era uma das formas de ver logo que a crise se aproximava.
Beijinhos

Jorge P.G disse...

Saber respirar é um bom auxiliar no dia-a-dia.

As melhoras da sua asma.
Saudações e um bom fim-de-semana.

Teté disse...

Olha, não fazia a menor ideia dessa do respirar pela barriga. Mas lá que a asma é uma grande chatice, já para não dizer aflição, lá isso é!

Aqui o meu filhote, que é alérgico a ácaros e pólens e sei lá que mais, passa a vida a tomar vacinas para a rinite não descambar em asma.

Pena o vídeo estar um bocadinho escuro, embora se note perfeitamente a respiração da gata...

Beijocas, Leonor! (e as melhoras, também)

Oliver Pickwick disse...

Teoria interessante, Leonor. E se o fôlego for proporcional ao tamanho da barriga, muitos barrigudos nem precisarão de equipamento específico para mergulho em altas profundidades do mar.
Estou de volta à blogosfera.
Um beijo e feliz 2009!

Leonor disse...

Ahahah Rafeiro...

(se tivesses asma, percebias logo...)

Leonor disse...

Olá Blue

pois não sei, eu quando tenho falta de ar, é mais o género sentir que está um elefante no meu peito...

a respiração pela barriga, que pratico na fisioterapia, ajuda a respirar melhor... por algum motivo os cantores também fazem este exercício, mas nunca tinha ouvido falar em crises assim... da próxima vez que for à consulta da minha alergologista terei de perguntar

bsj, Boa semana!

Leonor disse...

Obrigada Teté, este inverno em que resolve chover todo o dia não tem ajudado, mas fazer o quê???

(também já andei nessa senda das vacinas...)

bsj

Leonor disse...

Caro Jorge

E é mesmo, a diferença que sinto é bastante grande...

Óptima Semana para si

Leonor disse...

Pois ainda bem, Oliver, folgo muito em saber!!! já tinha saudades das suas histórias...

quanto aos barrigudos, não sei, não, será que conseguem???