quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Software Livre: novas oportunidades para arquivos e bibliotecas?

O software livre (ou open software, open source), traz, como se sabe, quatro grandes vantagens:

  1. a liberdade de executar o software, para qualquer uso;
  2. a possibilidade de estudar o funcionamento de um programa e adaptá-lo às suas necessidades:
  3. a liberdade de distribuir cópias
  4. a possibilidade de proceder a alterações que beneficiem o programa, podendo as mesmas serem tornadas públicas, facultando-as assim a toda a comunidade de utilizadores

Numa era globalizada e em rede o software livre surge com o projecto GNU lançado por Richard M. Stallman, depois de, em 1984, ter surgido a "Free Software Foundation".

Naturalmente os serviços de gestão de informação não poderiam ficar alheios a tal questão.

Que ferramentas se encontram disponíveis em Portugal?

- Sistema de Gestão e Administração de Bibliotecas

Koha - http://www.koha.org/

Programa desenvolvido na Nova Zelândia, utilizado por diversas bibliotecas do mundo. Veja aqui a apresentação feita pelo Instituto de Informática do Ministério das Finanças.

- Sistema de Gestão de Documentos/Arquivos

ALFRESCO - http://www.alfresco.com/

Programa que gere a criação, armazenamento e recuperação de documentos. Veja aqui uma pequena descrição e aqui o projecto da IGAC para a sua implementação.

A Associação de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (BAD) vai realizar um curso sobre o assunto, dado pelo Eng. Rafael António.

Sugestão de leitura:

Open access in context: a user study / David Nicholas, Paul Huntington and Hamid R. Jamali

in Journal of Documentation, Vol. 63, N. 6, 2007

6 comentários:

Marco disse...

Era interessante saber quanto é que o Estado gasta em Ssftware proprietário, e quanto poderia optar se optasse por software livre ou aberto (como o Linux).

Alguns governos estaduais alemães já escolheram o Linux. E penso que alguns municípios franceses também vão por essa opção.

Gi disse...

Artigo interessantíssimo, tenho que voltar cá com mais tempo e dedicar a atenção que ele e tu merecem.

Tenho andado afastada das caixinhas de comentários há quase uma semana mas não queria deixar de vir aqui desejar que este blogue, ainda a dar os primeiros passos, venha a ser tudo aquilo que tu esperas. Eu já gosto deste espaço pelo muito que tenho conhecido da sua autora ao longo do tempo .

Um beijinho

Maiores sucessos :)

Gi

Leonor disse...

Pois isso dos gastos em software é uma boa questão Marco. em todo o caso, já há instituições da administração pública portuguesa a desenvolverem projectos com software livre, como aqui o igac, no caso dos arquivos, e isso parece-me importante. A própria apresentação do KOHA tb faz prever um pouco isso, mas vamos ver.

Não sabia que havia já governos estaduais a escolherem Linux, tens informação sobre isso?

Leonor disse...

Olá Gi

É com muito prazer que te dou as boas vindas aqui no meu cantinho.

Muito obrigado pelas tuas palavras, volta sempre

beijinhos

Marco disse...

Cá vai:
IBM signs Linux deal with Germany
http://news.bbc.co.uk/2/hi/business/2023127.stm

Leonor disse...

obrigado Marco, vou espreitar