quarta-feira, 15 de abril de 2009

Red or White

(para ler cantarolando Rehab, de Amy Winehouse)

Dizem que ainda vou sentir saudades
E eu digo não não não!

Dias no descanso, com grande ripanço
E eu digo não não não!

Já não posso ver
As paredes de minha casa!

Dizem que ainda vou sentir saudades
E eu digo não não não!

E a imaginação não dá para mais... mas mesmo assim, ainda me dá para estas coisas...

esta letra é dedicada a todos aqueles que me telefonam e/ou visitam e dizem:

a) que sorte! quem me dera a mim ficar em casa a descansar. (sic)

b) isso agora é que vão ser passeios...
mas a cereja em cima do bolo é, certamente
.
c) (visitante a experimentar andar de canadianas, sem pé partido nem gesso) mas isto afinal é muito fácil !!!
.
Entretanto ontem fui ao hospital, mas não tive alta! Lá tirei o gesso, mas por o pé no chão é mentira. Aliás, agora tenho os pés em versão red and white, como podem ver. Já para não falar do tamanho...
.
Enfim, mais 30 longos dias (nada de dizerem que lhes apetecia!!!) desta vez com a interessante tarefa de fazer fisioterapia.
.
E Blue, neste momento, só mesmo sapatos de quarto, únicos onde cabe o red foot!!!

14 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Eu nunca disse isso! Aliás, mais do que três dias em casa e havia alguém que dava em louco, ou eu ou quem estivesse comigo!

BEijocas, as melhoras e 30 dias passam num instante! ;)

BlueVelvet disse...

Sei que não queres que me ria, mas tu és engraçada, que culpa tenho?
Concordo que o teu red foot não está com muito bom aspecto e andar de canadianas não é mesmo nada fácil ( eu sei, já me tocou), mas que fazer?
Deixo-te um abracinho solidário e vai lá calçar os chinelos antes que te constipes.
Beijinhos

Teté disse...

Bom, o gesso fora já é o primeiro passo para a recuperação...

Andar de canadianas não é mesmo nada fácil! Felizmente, nunca passei por isso, mas tenho familiares e amigas a quem já aconteceu e viram-se aflitas para executar as tarefas mais simples, tipo descer os quatro degraus no final da escada. Ainda por cima quando se tem de "caminhar" até à fisioterapia!

Ânimo, nina! Vais ver que com a fisioterapia o "branco ou tinto" voltam à sua cor normal. Um rosé, quem sabe? :)

Beijocas e a continuação das melhoras!

ana barata disse...

Olá Leonor,

Já está o pé ao léu! Não importa se ainda está red!
O pior já passou. Vais ver que agora mesmo com canadianas fica tudo mais leve.
Logo logo vais estar a dar uma belas caminhadas.
Beijinhos.

jose disse...

(para trautear a ouvir blues)


one foot in, one foot out
ain't it what is all about?
one foot red, one foot blue
but no third foot to bother you!

Formiguinha disse...

Esperemos que o pé mude de cor rapidamente e que lhe permita andar por aí com a sua habitual e frenética actividade. Bjinhos e rápidas melhoras

Oliver Pickwick disse...

Não me leve a mal, querida Leonor, mas este teu red foot anda a consumir calorias em excesso. :)
Um beijo!

Anónimo disse...

Olá Cada Pé de Sua Cor!
Como está? Mais ou menos sempre no mesmo sítio, calculo... E, pelos vistos, por mais 1 mês... Bom, há que que definir estratégias para regressar lentamente ao estado normal, vulgo, pousar as duas patinhas no chão, de preferência com calçado apresentável.
Sugestões de passatempos úteis:
- preenchimento do IRS
- pesquisa na net de calçado adequado à nova condição mas utilizável futuramente (Birkhenstock, Dr. Schools)
As melhoras e EU ADORAVA TER ESTADO 3 MESES EM CASA, TERIA IDO FULA E DEPRIMIDA À CONSULTA COM MEDO QUE ME DESSEM ALTA, E ESTARIA A PULAR (METAFORICAMENTE) DE CONTENTE POR ME TEREM DADO MAIS UM MESITO SEM PÔR OS PÉS, SIM OS MEUS QUERIDOS PÉS, NO DIABO DO EMPREGO!

Ka disse...

Ahhhh como eu te entendo Leonor!!!

Há uns valentes anitos tive eu de andar acompanhada das ditas durante mais de um ano (uma data de coisas nos joelhos que agora não interessam nada) e também me passava quando me vinham com esses comentários :)

Agora a fisioterapia vai ser ligeiramente desesperante nos primeiros dias até ganhares mobilidade mas depois vai ser sempre a andar!

Beijinho e as melhoras!

Francisco disse...

Olá Leonor

O tal frenesim vai transformar esse pé de encarnado ou red a natural cor.
Um mês passa depressa.
Um abraço
Francisco

Anónimo disse...

Gostei muito do poema.
Moderno e actual.
De resto, olha, paciência e coragem!
Beijos
Maria

Rui disse...

Já passei por isso e não dei pelo descanso, só pela fartura.
A ver se daqui a umas semanas estão os dois pés cor de bronze.

once disse...

Chego via Ka, Leonor, e deixo-lhe para já os desejos de melhoras rápidas .. voltarei com mais tempo para ler, já percebi que tenho algo em comum com este seu trabalho por aqui :))
Beijinho

Graciela disse...

Por lo menos ya te han sacado el yeso!
Cuídate!
Sólo paso para decirte que mi blog cumple su primer año de vida. Estoy de festejo!, estás invitada!
Un beso,
Graciela.